Barra de vídeos

Loading...

segunda-feira, 10 de maio de 2010

Mãe, por Fernando Pessoa


MÃE...
"Beija-nos suavemete na fronte,
Tão levemente na fronte que não saibamos que nos beijam
Senão por uma diferença na alma.
E um vago soluço partindo melodiosamente
Do antiquíssimo de nós
De uma oculta vontade de soluçar,
Talvez porque a alma é grande e a vida pequena,
Vem e embala-nos, vem e afaga-nos,
Vem cuidadosa
Vem maternal"...
Fernando Pessoa

Nenhum comentário:

Postar um comentário